Low Pressure Fitness- LPF

O LPF é uma técnica europeia criada pela Dra. Tamara Rial e Piti Pinsach. Após anos de pesquisa, aprimoraram a técnica Hipopressiva, que surgiu nos anos de 1980 como uma alternativa para a recuperação da musculatura abdominal no pós-parto.

O método LPF é efetivo não somente para tratar e prevenir alguns tipos de patologias, mas também para melhorar a performance esportiva e a estética. Ficou conhecido como “técnica da barriga negativa”, pois leva a uma diminuição da circunferência abdominal e da cintura em pouco tempo de prática.

Como conquistar a barriga negativa?

A técnica tonifica o abdome e reduz as medidas de forma rápida, eficaz e saudável. Isso se deve a uma diminuição da pressão da cavidade abdominal em virtude do reposicionamento dos órgãos internos e a uma melhora no tônus de repouso da musculatura abdominal, principalmente da musculatura profunda do CORE, tornando a musculatura mais firme mesmo quando relaxada.

Como são as aulas de LPF?

A aula tem duração de 30 minutos, composta por uma sequência de posturas em pé, ajoelhada, sentada e deitada. É dividida em três níveis e o grau de dificuldade das posturas vai se intensificando conforme as etapas.

O LPF é realizado por meio de um ritmo respiratório específico e controlado, combinado com posturas isométricas e uma sucção do abdômen em apneia que se adapta às necessidades de cada indivíduo.

Qual a diferença entre o trabalho do LPF e da musculação?

Na musculação se trabalha o tônus de esforço, mais conhecido como treino de hipertrofia. No LPF o tônus de repouso que é o responsável por manter uma boa postura, mesmo quando você está relaxada.

Para os praticantes de musculação, o LPF também funciona como um ótimo aliado na busca de uma musculatura mais tonificada e o abdome chapado!

Benefícios da técnica

Redução da circunferência abdominal e da cintura

Diminui dores de coluna

O Low Pressure Fitness ajuda a dissipar as tensões musculares, justamente por proporcionar melhoria do equilíbrio e postura.

Controle dos problemas de incontinência urinária

A sucção abdominal durante a prática do LPF reposiciona os órgãos internos, entre eles, a bexiga.

Melhora o desempenho sexual

O LPF ajuda a aumentar a força contrátil do períneo nas mulheres.

Tonifica o assoalho pélvico

A sucção do abdômen em apnéia provoca uma contração involuntária de toda musculatura do assoalho pélvico estimulando a musculatura mais interna da mulher.

Melhora da postura

A técnica trabalha em uma maior estabilidade do CORE, que é o centro do nosso corpo, um conjunto de músculos responsável pelo nosso equilíbrio e postura.

Ativação do metabolismo basal

Toda prática respiratória é realizada em isometria, que envolve grandes grupos musculares.

Ótimo para a circulação

Ajuda a melhorar a vascularização por descongestionamento pélvico e linfático, evitando pernas inchadas e pesadas.

Melhora o funcionamento do intestino

O movimento do diafragma faz pressão no intestino, estimulando o processo de digestão.

Acelera a recuperação no pós-parto / diástase abdominal

Os exercícios do LPF reduzem a diástase abdominal e aceleram o processo de recuperação da faixa abdominal da mulher.

Combate à insônia

Com as técnicas de relaxamento e respirações, o método trabalha e consegue reduzir a ansiedade.

Aumento da capacidade cardiorrespiratória

Ao trabalhar o equilíbrio de toda essa musculatura, associada às respirações, é excelente para intensificar o desempenho de atletas.

Até parece mentira diante de tantas coisas boas o que o LPF pode proporcionar, porém quem pratica confirma e aprova o método! O melhor de tudo é que você não precisa esperar muito tempo para sentir essas mudanças, com poucas semanas de prática, você já consegue ver e sentir a diferença! É comprovado cientificamente!

Quando a top model Candice Swanepoel em 2012 apareceu de biquíni em um ensaio fotográfico, o termo "barriga negativa" bombou pelo mundo.

Rua Doutor Eraldo Aurélio Franzese, 128 - Sala 2 - Jd. Paiquere, Valinhos - SP - CEP: 13271-608


(19) 4141-8741 | (19) 98161-6360 | Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Todos os direitos reservados